Diário de uma veterana #1

Hey people!

Começando nova categoria aqui no blog… Os princípios são quase os mesmo do “Foto do Dia”, é basicamente pra registrar e mostrar o meu 2012, meu último ano no ensino médio.

Eu iria começar no primeiro dia de aula, mas eu não tive tempo pra muita coisa (prova disso é os atrasos nos posts “Foto do Dia”). Então, vamos lá!

Pra início de conversa eu estava super ansiosa pro primeiro dia de aula, sabe aquele friozinho na barriga, então. Cheguei na escola aos berros quando eu vi meu amigos lá e quase chorei, juro. Meu primeiro pensamento quando eu pisei no colégio foi “é meu último ano aqui, a hora é agora!”. Foi realmente muito lindo porque agora a minha melhor amiga está estudando no mesmo colégio que eu e, olha que lindo, na mesma turma! Também tem a turma do meu primeiro ano que estuda de manhã agora e faz a minha alegria nos intervalos (no primeiro ano eu estudei à tarde, foi amor à primeira vista com a galera! Já no segundo ano eu passei pra manhã, mas no terceiro ano só tem turmas de manhã, então…)!

Não pudemos zoar os calouros! A galera que “desobedeceu” levou suspensão (começou o ano com o pé direito, em? Ironia mode on.). Não deu tempo de por a fofoca em dia só no primeiro dia de aula, então os três primeiros dias foram basicamente conversa (nas horas vagas, claro. haha).

Já troquei de transporte, como eu disse nesse post. No novo transporte eu reecontrei uma amiga com quem eu estudei até meu nono ano e a gente ficou relembrando sobre a nossa antiga turma, que agora está cada um em um canto, a maioria vai formar (eu sei, triste…), agora cada um numa turma, e, confesso que quase chorei ali! Guardei o choro e chorei em casa mesmo…

Minha primeira impressão do terceirão: é puxado! Agora todos os professores (não matérias, eu tenho mais de um professor pra maioria das matérias!) são obrigados a passar tarefa pra casa (eu sei, triste), os piores são de matérias como Educação Física e Música, que é basicamente tudo prático… De matemática também, porque parece que os professores não se contentam em passar duas ou três questões, tem que ser a página inteira mesmo.

Ainda sobre minha primeira impressão, a responsabilidade agora é muito maior! Basicamente temos que escolher o nosso futuro aqui. Na verdade não é o fim, é só o começo de tudo.  A nossa vida até agora foi só a introdução. Os professores vão exigir mais, vão ajudar mais, vão incentivar mais e vão trabalhar mais também! Agora é o momento em que está tudo em nossas mãos, é agora ou nunca.

O ano mal começou e eu já estou acabada! Fiquei alguns dias na escola por causa e trabalho, monitorias, cabeções e afins, estou ralando muito. Uma frase pro meu momento? Você colhe o que planta. 

 

Depois eu troco a foto, por enquanto fica essa! haha ♥

 

Bom, é isso, depois eu venho com mais “Diário de uma veterana”! Prometo que vai durar até o fim do ano com atualizações! hehe.

 

Kamilla Oliveira.

Anúncios

4 comentários sobre “Diário de uma veterana #1

  1. Fiz meu último ano em 2008. Na época pensava em sair direto do terceirão e emplacar numa universidade ou fazer cursinho para adiar a minha maturidade. Mas depois aproveitei para viajar, ficar sozinha, conhecer pessoas novas e adquirir uma bagagem de experiências que eu possuo até hoje. Atualmente voltei para a vida real (de responsabilidades, estudos, etc) e reencontrei alguns amigos do colégio. Agora lendo esse post então, com as suas expectativas, anseios e tudo mais me bateu uma saudade imensa. Aproveita bastante (não para estudar, estude o suficiente para passar de ano, fora que depois um cursinho resolve qualquer coisa rsrsrs) para ficar perto dos seus amigos, para aproveitá-los até mesmo quando eles te irritam. Você vai sentir falta.
    Abçs.

    • Primeiramente muito obrigada por me fazer ter o privilégio de relembrar um momento importante na sua vida, já que isso é bastante pessoal. Segundo, quero agradecer pelas dicas,pode ter certeza que irei seguir, aproveitar meus amigos é uma das minhas maiores prioridades hoje, já que, como a todos dizem, depois vamos nos afastar.
      Quanto a parte de sair por aí catando bagagem de experiencia eu achei muito interessante, e corajoso também. Mas confesso que sempre quis ir direto pra universidade,ver o meu nome na lista de aprovados e saber que todo o esforço valeu a pena.
      E pra finalizar, sobre eu sentir saudades, eu tenho certeza, estou sentindo um pouco desde já…
      Muito obrigada pela visita. Sinta-se em casa! Haha. Beijos, flor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s